segunda-feira, 9 de maio de 2011

Uma Festa Comunista!!!

O Comitê de Luta Contra o Neoliberalismo - Ceará realizou o seu 1º de Maio em grande estilo. Entitulada como "1º de Luta e de Festa", a VII Plenária do CLCN-CE, como bem frisou Chico Malta, Correspondente do Jornal Inverta no Estado, "foi uma festa do povo, uma festa comunista".
Inicialmente a Coordenação do CLCN-CE manifestou a Satisfação de receber ali pessoas de diversas comunidades, como Parangaba, Mondubim, Vila União, Bela Vista, Alvaro Weyne, dentre outras, e destacou também a presença dos Companheiros do Sintufce (Sindicato dos Trabalhadores das Universidades Federais no Ceará), recentemente eleitos, rompendo com a hegemonia de 14 anos do antigo grupo. Destacamos que o CLCN-CE deseja que os companheiros do Sintufce consigam ter êxito nesta nova empreitada e que as lutas dos trabalhadores federais serão sempre destacadas e empunhadas pelo Comitê.
Como representação fidedigna de que o povo se arma pra luta em várias frentes, e que uma destas é a arte, foi apresentada a "Ópera Reggae - Redescobrimento da América", que encantou os presentes. "Muito interessante a relação feita entre os países latino-americanos", pontuou a Professora Maria Eunice.
Foi convidado para fazer um pronunciamento o Coordenador Geral do Sintufce, Gerson Morais, que destacou a importância de eventos como estes, que elevam a consciência política dos trabalhadores, além de declarar que as estruturas do Sintufce estão a disposição dos Trabalhadores organizados no Comitê de Luta Contra o Neoliberalismo, e que verdadeiramente quem tinha a agradecer com a realização do evento era o Sintufce.
Após o uso da palavra pela representação do Sintufce, a mesma foi delegada a Bianka de Jesus, jornalista responsável do Jornal Inverta, que apontou que em seus 20 anos de história o Inverta nunca se furtou nem se desviou de seu papel histórico, junto a Classe Operária.
Os "Pequenos Artistas", grupo de jovens integrantes do Núcleo do CLCN-CE no Alvaro Weyne apresentou uma performace artística em homenagem ao Dia do Trabalhador, que trazia uma referência as origens brasileiras, ali caracterizadas em um Príncipe Afro e na Mãe Terra.
Com a palavra facultada, vários camaradas dos diferentes núcleos do CLCN fizeram pronunciamentos. O camarada PH do núcleo Cultural destacou que nas Plenárias do CLCN a Classe Operária se sente acolhida, se sente parte e não apenas massa de manobra.

COMEMORAR AS CONQUISTAS HISTÓRICAS DOS TRABALHADORES E AVANÇAR NA LUTA POR JUSTIÇA!!!

OUSAR LUTAR! OUSAR VENCER!
VENCEREMOS!

COMITÊ DE LUTA CONTRA O NEOLIBERALISMO - CEARÁ
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário