sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Inaugurada a Biblioteca Nelson Mandela para formação de trabalhadores do Comércio

Na última quinta-feira, 30/10, o Sindicato dos Comerciários de Fortaleza deu uma importante contribuição para a organização política da categoria ao inaugurar a Biblioteca Nelson Mandela.  O nome da biblioteca foi escolhido por enquete entre os próprios trabalhadores, por ser reconhecido como líder contra a segregação sul-africana, mas tão presente no abismo econômico entre ricos e pobres na nossa cidade.   No evento de inauguração, a Historiadora Adelaide Gonçalves proferiu a palestra com o tema “Os trabalhadores e a leitura emancipatória”, contando o pouco a história de lutas deste sindicato.  O Comitê de Luta Contra o Neoliberalismo esteve presente neste momento e saúda à todos os trabalhadores comerciários por esta conquista.

Nelson Mandela, que dá nome à Biblioteca,  dirigiu desde a fundação a organização de resistência armada ao apartheid chamada Umkhonto we Sizwe, criada após um trabalho de unidade entre o Congresso Nacional Africano e o Partido Comunista da África do Sul, sob o impacto da vitória dos revolucionários cubanos de Sierra Maestra:

Mandela tinha um profundo respeito e  amizade com Fidel Castro, que expressou: “Nelson Mandela não passará à história pelos 27 anos consecutivos que viveu ali encarcerado, sem jamais abrir mão de suas ideias; passará porque foi capaz de arrancar de sua alma todo o veneno que pôde ter criado tão injusto castigo; pela generosidade e a sabedoria com que na hora da vitória, já impossível de parar, soube liderar tão brilhantemente seu abnegado e heróico povo, conhecendo que a nova África do Sul jamais poderia ser construída sobre alicerces de ódio e de vingança.

A biblioteca encontra-se com várias sessões catalogadas. Entre elas se destacam a de economia, cultura, movimento sindical, direitos trabalhistas, socialismo, psicologia e literatura. Além dos títulos, podem ser encontrados no espaço as edições anteriores do Jornal Luta Comerciária (produção da entidade), além de revistas e filmes com temas voltados para a luta de classes, e documentários de atos e atividades realizados pelo Sindicato dos Comerciários de Fortaleza ao longo de seus 81 anos de existência e atuação.

Sucursal CE

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário