segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Mãe é presa por roubar comida para filha de 4 meses

Uma trabalhadora doméstica de 25 anos, que preferimos não lhe revelar a identidade, está presa há uma semana no Presídio Feminino Auri Moura Costa por ter tentado furtar uma lata de leite. O advogado, do Instituto Nacional de Advogados para a Democracia, tenta junto a 12ª Vara Criminal a soltura, sob a alegação de "furto famélico".

De acordo com o advogado, a doméstica, que tem quatro filhos, tentou roubar uma lata de leite num supermercado para alimentar uma filha de quatro meses. O advogado fiou surpreso pois, logo após a sua prisão, ela foi levada imediatamente para o presídio feminino.


O furto famélico ocorre quando alguém furta para saciar uma necessidade urgente e relevante. É a pessoa que furta para comer pois, se não furtasse, morreria de fome. Mas o furto famélico não existe apenas para saciar a fome. Alguém que furta um remédio essencial para sua saúde, um cobertor em uma noite de frio, ou roupas mínimas para se vestir, também pode estar cometendo furto famélico.


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário