segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Ato em defesa à reeleição de Dilma Rousseff em Fortaleza

Movimentos sociais, partidos políticos e organizações de esquerda  promoveram neste sábado, 18/10, um significativo ato em apoio às candidatura da Presidenta Dilma Rousseff e de Camilo Santana, para Governador do Ceará.  O ato teve diferentes pontos de concentração, onde depois de uma caminhada pelas ruas do cento da cidade se encontraram todos na Praça do Ferreira, onde houve discursos e intervenções artísticas.   Militantes do Partido Comunista Marxista-Leninista e Juventude 5 de Julho estiveram presentes neste momento levando a palavra de ordem “Votar em Dilma é Defender o Brasil!“  e politizar o processo denunciando a estratégia do imperialismo em derrotar o governo progressista de Dilma para intensificar uma reação conservadora na América Latina.

Os atos partiram de lugares diferentes e saíram em caminhada pelas ruas do centro de Fortaleza em direção à Praça do Ferreira, onde tradicionalmente se realizam comícios e manifestações públicas dos trabalhadores.  Uma  concentração saiu da Praça do Carmo e a outra, da Praça do BNB.  Na caminhada contou-se também com a interação de transeuntes e trabalhadores no comércio.

Denunciamos que estas eleições constituem um campo de batalha, onde empresários, banqueiros e poderosos meios de comunicação apoiados pelo grande capital financeiro internacional somam esforços para impedir que Dilma Rousseff se reeleja, e assim, abrir caminho para a reação imperialista no Brasil e em toda a América Latina, que tem seguido um caminho de independência político-econômica dos Estados Unidos.

É importante frisar que este esforço massivo para frear Dilma Rousseff nestas eleições  vem em um momento de grande crise do capital internacional, onde os Estados Unidos, para sair dessa crise, fazem uso de todos os meios para tal.

Convocamos a unidade das forças progressistas nos Comitês de Luta Contra o Neoliberalismo e pelo Socialismo, e no plano conjuntural fazer avançar o governo Dilma rumo à esquerda, na direção do rompimento com o imperialismo.

Sucursal CE










Reações:

0 comentários:

Postar um comentário