segunda-feira, 29 de maio de 2017

Convite para plenária: Pirambu de luta, ontem, hoje e sempre!

Em meio a uma conjuntura política de feroz retirada de direitos, resistir ao desmonte é um ato de coragem e pede um exemplo que sirva de alento para a luta. Os caminhos percorridos por homens e mulheres que, antes de nós, não se conformaram com a situação de miséria em que viviam e ousaram resistir é uma grande herança. No caso de Fortaleza, os movimentos populares nascidos no Pirambú é um exemplo importante para nossa luta.

O bairro pobre surgido de um campo de concentração para flagelados na seca de 1932 - considerado a 7ª. Maior favela do país -, desde sempre precisou ir à luta por dignidade e direito à existência, contra as inúmeras investidas da elite econômica de Fortaleza que quis acabar com a comunidade; ir à luta para conquistar soluções para a questão da moradia e a miséria social urbana, alargada pela migração rural e pelas desigualdades econômicas daqueles anos. 

No início da década de 1960, uma família tradicional de Fortaleza reivindicou propriedade sobre a terra, que anos atrás fora concedida ao governo para instalar os flagelados. Mais de 300 famílias deveriam ser desalojadas. A comunidade do Pirambu não se curvou e os moradores se mobilizaram para impedir o despejo das famílias. O marco da luta foi a “Grande Marcha do Pirambu”, realizada em 1º de janeiro de 1962, que tomou as ruas do centro da cidade.

O legado de luta do Pirambu, que ousou se organizar para resistir ao descaso do capitalismo que condena à miséria aqueles que produzem a riqueza, constitui apenas dos vários exemplos Brasil afora, que precisam ser resgatado para contagiar com rebeldia o povo trabalhador hoje em dia, diante a retirada de direitos básicos.

Nesse sentido, o Comitê de Luta Contra o Neoliberalismo (CLCN) e o Partido Comunista Marxista-Leninista (PCML) convidam a todos a participarem desse debate, que não é apenas sobre o Pirambu, mas na verdade, é sobre o caráter revolucionário da luta popular em todas as comunidades pobres.
Plenária: "Pirambu de luta, ontem, hoje e sempre! Agir com ousadia revolucionária e resistir aos ataques contra o povo!"

Dia 31/05, a partir das 18h. LOCAL: FEMOCOPI (Federação do Movimento Comunitário do Pirambu). Avenida Leste-Oeste, 2709, Pirambu - Fortaleza.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário